quarta-feira, 25 de julho de 2012

Sermão do culto de Ações de Graças na casa do Júlio e Dilma, dia 18/07/2012

TEXTO: Lucas 17: 11 – 18

PROPOSIÇÃO: Ações de Graças

EXÓRDIO:

REPRIME A TUA VOZ DO CHORO

Certo dia, um de meus filhos desapareceu. Apenas seu carro foi achado. Mas, mesmo em meio a essa grande dor eu pude louvar e glorificar ao meu Deus.

Precisei ser forte para enfrentar sozinha essa situação, uma vez que meu esposo estava doente e eu não queria deprimir meus outros filhos.

Todavia, um dia eu não aguentei mais, chorei tanto que quase desmaiei. Buscando forças em Deus, abri a Bíblia ao acaso e bati os olhos em Jeremias 31:16-17: "Assim diz o Senhor: Reprime a tua voz do choro, e das lágrimas os teus olhos; porque há galardão para o teu trabalho, diz o Senhor, e eles voltarão da terra do inimigo. E há esperança para o teu futuro, diz o Senhor; pois teus filhos voltarão para os seus termos".

Pela fé apropriei-me deste texto bíblico como sendo uma promessa de Deus, e Deus fez o milagre.

Dias depois, quando levei meu esposo à Brasília para fazer alguns exames, encontrei meu filho convertido e batizado. O Senhor o havia arrancado das mãos do inimigo para testemunhar que Ele é um Deus vivo e que faz milagres.

Ao Senhor seja dada toda a glória.

 EXPOSIÇÃO:

Voltando ao texto lido, podemos ver mais uma ação de Jesus.

Desta feita a cura de dez leprosos.

Queremos analisar este texto com o objetivo de vermos nossas ações diante dos sofrimentos da vida e de como podemos corrigir nossas atitudes para agradarmos mais a Deus, mesmo no sofrimento.

Sim, porque o texto fala de dez homens que eram leprosos.

Naquela época a Lepra não tinha cura e o leproso tinha de ser afastado do convívio das pessoas – tinham as aldeias, ou moradia dos leprosos – fora da sociedade.

Viviam muitos leprosos nestes lugares e ninguém se aproximava deles e eles mesmos não podiam se aproximar de ninguém.

Eram condenados a morte natural ou ainda a esperarem um milagre de Deus em suas vidas – somente Deus poderia mudar a sorte dos leprosos.

E o milagre estava por vir para aqueles dez leprosos.

Vamos ao texto, com o seguinte tema...

TEMA: Passos do Necessitado

ARGUMENTAÇÃO:

1)     Pedir Socorro – Vrs. 11 - 13

Aqueles homens sabiam que não tinham recursos para sua doença.

Não havia nada que pudesse lhes tirar o peso da lepra.

Não havia homem que pudesse mudar a realidade de suas vidas.

Mas tinham ouvido de Jesus e sabiam de seu poder.

Eles aguardaram a oportunidade de serem ajudados por Jesus.

E quando Jesus passava por Samaria, aqueles homens de longe gritaram sua ajuda (13).

A lição que quero destacar aqui é que eles gritaram por socorro...

Não ficaram esperando que Jesus olhasse para eles e se compadecesse.

Não ficaram se condoendo em dores e maldizendo da sorte...

Não ficaram questionando o porquê do sofrimento...

Não se viam piores do que os demais homens...

Não se lastimavam pelo infortúnio da vida...

Eles clamaram, gritaram por socorro.

Não pediram ajuda a Pedro, Tiago, João ou a qualquer representante de Jesus.

Clamaram ajuda a JESUS.

“...Jesus, Mestre, compadece-te de nós!” (Vr. 13).

Se tens algum problema, alguma causa para ser resolvido, porque ficar se lamentando, murmurando ou procurando ajuda de homens ou em coisas, religião...

CLAME A JESUS, peça por sua misericórdia!!!

2)     Obediência e fé – Vrs. 13 e 14

Clamaram por ajuda a Jesus (13)

Jesus lhes dá uma ordem – a de ir e se mostrar aos sacerdotes.

Um leproso era avaliado pelo sacerdote para ver se a praga tinha diminuído, sumido ou aumentado (Lv. 13).

O que Jesus fez foi testar a fé deles – INDO ELES, foram purificados (14).

Se esperassem primeiro receber a cura e só depois irem, não tinham sido curados.

Jesus estava fazendo um milagre na saúde deles e na fé daqueles homens.

Quando se pede ajuda, clama por socorro a Deus tem de aceitar sua orientação – o que Ele fala e pondo a fé em Sua Palavra seguir – se não as coisas não mudam.

3)     Adoração e Ações de Graças – Vrs. 15 – 16

Um dos dez, quando se viu curado, voltou dando glória a Deus em alta voz – fazendo notório (a todos) que Jesus tinha lhe ajudado, curado, mudado a vida. (15)

Prostrando-se (reconhecendo que Jesus era algo além de homem) agradeceu a Jesus a cura (16).

Dos dez apenas um (que não era Judeu – era samaritano) voltou para agradecer a bênção recebida e poder glorificar a Deus.

Uma lição interessante que tiramos deste fato é que os outros nove ficaram tão alegres, tão jubilosos, que esqueceram de como eram e pensaram só na vida dali pra frente.

Mostraram-se ingratos, destituídos de reconhecimento dos favores recebidos.

Jesus questiona este fato: “... Não eram dez os que foram curados? Onde estão os nove?” (17).

Algumas pessoas acham que Jesus, por ser Deus, não se importa em receber glória, adoração, ações de graças; como se Jesus fosse obrigado a nos abençoar e se contentar em vernos alegres – e só.

O texto nos mostra que Jesus exige, espera e quer de nossas vidas a gratidão pelas bênçãos recebidas.
 

4)     Fé que traz resultados – Vr. 19

Jesus se dirige àquele curado grato e lhe fala sobre a garantia de se ter uma fé em Jesus, uma fé grata – SALVAÇÃO.

Não se sabe se a salvação aqui enfatizada é da vida eterna ou do fato de ter sido curado da lepra.

Tudo indica que os outros 9 (nove) também foram curados da lepra (14), então alguns creem que esta salvação refira-se mesmo a VIDA ETERNA.

Quando se é grato a Deus por suas bênçãos dispõem-se a ter um relacionamento com Ele.

Não por ter recebido a bênção somente, mas por reconhecer ser Ele o Salvador (tanto do físico como da alma).

Aquele leproso estava afastado da sociedade por causa de sua doença...

Aquele leproso estava afastado de sua família por causa do contagio da lepra...

Aquele leproso estava afastado de convivência religiosa por causa das leis quanto aos leprosos...

Agora aquele homem estava restaurado por completo.

Aquele homem tinha condições de voltar para sua cidade, para seus amigos, parentes, família, para tirar de sobre si toda a vergonha vivida na lepra.

Quando aquele homem encontrou-se com Jesus teve sua vida mudada por completo, inteiro.

A sua fé foi fortalecida e recompensada... ESTAVA SALVO de tudo que lhe trazia vergonha.

Podemos dizer que ele era uma NOVA CRIATURA, com uma NOVA VIDA, tendo uma NOVA CHANCE de viver.


CONCLUSÃO:

ERA RICO E NÃO SABIA

Um homem descontente com a sorte queixava-se de Deus:
- Deus dá aos outros as riquezas, e a mim não dá coisa alguma. Como é que posso ser feliz nesta vida, sem possuir nada?

Um companheiro seu, ao ouviu estas palavras, perguntou-lhe:

- Acaso você é tão pobre quanto diz? Deus não lhe deu, porventura, saúde e mocidade?

- Não digo que não, até me orgulho bastante da minha força e da minha juventude.

- Trocaria sua saúde e sua mocidade por dinheiro?

- Não!

O homem, então, pegou na sua mão direita e lhe perguntou:

- Você venderia sua mão direita, deixaria que a cortassem por um bom dinheiro?

- Não, de jeito nenhum!

- E a esquerda?

- De jeito nenhum!

- E seus olhos, você os venderia, ficaria cego pelo resto da vida por uma "bolada"?

- Não daria nem um olho por dinheiro!

- Veja - observou o velho - quanta riqueza Deus lhe deu e você ainda se queixa?

    

Meu amado irmão, aprenda a seguir estes passos na necessidade...

1)     Peça Socorro – a quem realmente pode ajudar – JESUS.

2)     Obedeça e tenha fé – só pedir ajuda a Jesus e não aceitar Sua Palavra não te ajudará a resolver problemas e ser salvo

3)     Adore a Agradeça – Não vire as costas para Jesus quando prosperares, não se esqueça de como Ele é bondoso

4)     Colha os resultados de Uma Fé que se submete à Palavra de Jesus



Que Deus nos abençoe...

Vamos orar.

2 comentários:

  1. FOI MUITO PROVEITOSA ESA LEITURA

    ResponderExcluir
  2. A PAZ SOU UM PB. DA AS ASSEMBLÉIA DE DEUS ,FOI MUITO BOM TER LIDO ESTA MENSAGEM E APRENDI UM POUCO MAS Q DEUS CONTINUE LHE ABENÇOANDO

    ResponderExcluir